Última hora

Última hora

Air France e KLM celebram um ano de casamento

Em leitura:

Air France e KLM celebram um ano de casamento

Tamanho do texto Aa Aa

O casamento entre a Air France e a holandesa KLM faz agora um ano e tem sido uma história de sucesso, com o grupo a apresentar agora resultados em forte alta.

A Air France-KLM é, incontestavelmente, a maior companhia aérea da Europa, à frente da Lufthansa-Swiss e da British Airways. A fusão deu-se com a compra da transportadora holandesa por parte dos franceses, mas as duas companhias continuaram a operar em separado. No ano fiscal que terminou em Março, o volume de negócios cresceu para os 19 mil milhões de dólares e o tráfego de passageiros subiu dos 59 milhões para um número próximo dos 65 milhões. O lucro líquido cifrou-se nos 351 milhões de euros, a subir 20% em relação ao ano anterior. O francês Jean-Cyril Spinetta, que antes já presidia aos destinos da Air France e continuou à frente do grupo depois da fusão, diz que o balanço deste primeiro ano de casamento não podia ser melhor. O crescimento dos números foi conseguido apesar da subida no preço dos combustíveis, que tem afectado o sector no último ano. Para este ano fiscal, que termina em Março de 2006, o grupo diz que armazenou já quatro quintos das necessidades de combustível. Os custos com o querosene devem ser, este ano, de mais de três mil milhões de euros. No entanto, o grupo prevê que os bons resultados continuem.