Última hora

Última hora

Estados Unidos e Europa em guerra contra os têxteis chineses

Em leitura:

Estados Unidos e Europa em guerra contra os têxteis chineses

Tamanho do texto Aa Aa

Em menos de uma semana, Washington recorreu por duas vezes a medidas de salvaguarda contra importação de certos têxteis provenientes da China e que inundaram o mercado norte-americano. Sob Pequim pesa a ameaça de medidas mais duras. Um caminho que poderá ser seguido pela União Europeia que já propôs à China o início de consultas sobre as exportações de t-shirts e fios de linho, tendo em vista a possibilidade de repôr quotas sobre alguns produtos.

De visita a Pequin, o ministro francês da Indústria, Patrick Devedjian, fez saber que o governo chinês poderá anunciar rapidamente taxas à exportação sobre os seus produtos têxteis, para evitar a imposição das claúsulas de salvaguarda,e que deverá tomar igualmente medidas de combate à contrafacção. Nenhuma data foi anunciada para que estas medidas sejam aplicada mas Devedjian avançou que tudo deverá ser posto em marcha antes do final do mês. Impôr quotas é, segundo o ministro chinês do Comércio, Bo Xilai, uma medida injusta e proteccionista.