Última hora

Última hora

China resolveu acalmar europeus e americanos sobre crise dos têxteis

Em leitura:

China resolveu acalmar europeus e americanos sobre crise dos têxteis

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades de Pequim vão subir as taxas de exportação de 74 categorias de produtos já a partir do início de Junho. Trata-se de um aumento na ordem dos 400 por cento nas taxas da maioria dos artigos. Esta decisão segue-se a uma guerra de nervos entre americanos, europeus e chineses por causa da explosão nas importações da China. Este aumento súbito deveu-se à liberalização do mercado internacional do sector têxtil.

O porta-voz da Comissão Europeia veio pedir moderação às autoridades, caso contrário, poderiam ser tomadas outras medidas de salvaguarda. A União restringiu as importações a duas categorias de produtos, os Estados Unidos travaram a importação a quatro categorias.Estas medidas de salvaguarda constam no acordo de adesão da China à Organização Mundial do Comércio. Os parceiros estão autorizados a avançar com medidas de urgência, caso se prove que os têxteis estão a destabilizar o mercado.