Última hora

Última hora

Foto de Saddam no The Sun alimenta ódios de muçulmanos contra americanos

Em leitura:

Foto de Saddam no The Sun alimenta ódios de muçulmanos contra americanos

Tamanho do texto Aa Aa

A fotografia de Saddam Hussein, em roupa interior, na cela onde estará detido, publicada no tablóide britânico The Sun está a alimentar ódios. Os Estados Unidos abriram um inquérito para procurar responsáveis, mas as coisas estão a complicar-se para os norte-americanos.

O advogado de Saddam Hussein está chocado e lembra que “é crime tirar fotografias como esta e publicá-las”. Portanto acha que também o tablóide devia ser punido. Para além de desrespeitarem os direitos de Saddam Hussein como prisioneiro, as imagens podem ter violado a Convenção de Genebra. Se o intuito de mostrar as fotos ao mundo inteiro era o de afectar a moral da resistência iraquiana, o tiro saiu literalmente pela culatra. Um habitante de Tikrit, onde nasceu Saddam Hussein, explica que “as coisas não se fazem assim. Os iraquianos têm cultura e valores próprios que têm de ser respeitados”. Multiplicam-se os protestos entre muçulmanos. Depois da alegada profanação do Alcorão, em Guantánamo, pelos soldados americanos e depois de o New York Times ter garantido que dois prisioneiros afegãos foram torturados até à morte por soldados americanos, é bem provável que as manifestações no mundo muçulmano estejam só no início. “Morte aos Estados Unidos” e “Esperem um novo 11 de Setembro” foram as palavras de ordem que ecoaram em protestos em Londres, em Teerão e em Damasco.