Última hora

Última hora

Berlim: transportes públicos paralisam

Em leitura:

Berlim: transportes públicos paralisam

Tamanho do texto Aa Aa

Em plena tempestade política, a Alemanha viu os transportes públicos de Berlim paralisarem esta manhã, na sequência de um apelo à greve do sindicato dos serviços Ver.di. Metro, Eléctricos e autocarros não circularam na capital alemã entre as 3 e as 10 da manhã, por causa da greve a que aderiram cerca de 7500 funcionários dos transportes públicos de Berlim, e que permitiu aos taxistas terem um rendimento extra esta manhã, por isso não estranha que estes digam que até deviam existir“mais greves”.

Os sindicatos esperam que a autarquia da capital tenha compreendido a mensagem. os representantes dos trabalhadores querem que a edilidade cumpra com a uma convenção colectiva de trabalho ratificada em Janeiro. O acordo prevê uma diminuição de 8% nos salários e tem como contrapartida a manutenção dos empregos. A Câmara de Berlim considera a redução insuficiente para combater a dívida e pretende retirar 12% nos rendimentos dos funcionários.