Última hora

Última hora

Franceses já votam para referendo europeu

Em leitura:

Franceses já votam para referendo europeu

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores franceses do ultramar já começaram a pronunciar-se sobre o Tratado constitucional europeu. O arquipélago de Saint-Pierre et Miquelon, ao largo do Canadá, foi a primeira região a abrir as assembleias de voto. Seguiram-se a Guiana, Guadalupe, Martinica e a Polinésia. Os milhares de franceses expatriados, sobretudo no continente americano, também já poderam exercer o direito de voto.

O voto madrugador fora da metrópole pretende evitar que se vote nesses territórios depois de se conhecer o resultado do escrutínio em França, como sucedeu nas últimas eleições europeias. Estes votos podem ser muito importantes. Em 1992, no referendo sobre o tratado de Maastricht, o Sim venceu com 51 por cento, ou seja, por meio milhão de votos. Ao todo são cerca de 42 milhões de eleitores que são chamados às urnas. Em França as assembleias de voto abrem domingo às oito da manhã e encerram às 20 horas, com excepção de Paris e Lyon que fecham às 22. A EuroNews vai acompanhar em directo as reacções a um referendo que as sondagens anunciam negativo para o Tratado Constitucional.