Última hora

Última hora

Cosmos I não dá sinais de vida

Em leitura:

Cosmos I não dá sinais de vida

Tamanho do texto Aa Aa

Onde está o Cosmos I? Fazer a pergunta causa um sentimento de apreensão e quase frustração no centro de comando da Agência Espacial russa.Ninguém sabe do satélite lançado esta noite de um submarino nuclear. O Cosmos I não atingiu a órbita certa na altura prevista. De acordo com agência de notícias russa Interfax, houve uma falha no motor do míssil que o transporta.

O satélite, instalado na ogiva do foguetão Volna, foi lançado às 23:46h de Moscovo, 20.46h em Lisboa, desde um submarino russo, submerso no Mar de Barents. Seis minutos mais tarde, o Cosmos I separou-se com êxito do foguetão. Segundo um porta-voz do centro de comando, todos os sistemas estavam a funcionar perfeitamente até essa altura. Mas a verdade é que ninguém sabe o que se passou, os cientistas perderam o contacto com o chamado veleiro solar, o protótipo que pretende usar o vento solar para impulsionar naves espaciais em voos pelas galáxias.