Última hora

Última hora

Primeiro-ministro palestiniano alvo de agressão em casa

Em leitura:

Primeiro-ministro palestiniano alvo de agressão em casa

Tamanho do texto Aa Aa

Resposta violenta à presença do primeiro-ministro palestiniano em Nablus, depois do fracasso do encontro com Ariel Sharon, em Jerusalém. Ahmed Qorei acusou Israel de não dar ouvidos às exigências palestinianas. Numa altura em que o Estado hebraico anunciou que vai voltar a executar assassinatos selectivos para controlar os radicais Qorei foi alvo de uma tentativa de agressão enquanto falava aos palestinianos num campo de refugiados em Nablus.

Vários radicais das brigadas dos Mártires de Al-Aqsa entraram na sala onde estava Qorei, dispararam para o ar e, no exterior, outros disparavam contra o edifício. Qorei, ao deixar o local, recebeu outros avisos dos militantes, que fizeram detonar uma bomba a 300 metros da comitiva do primeiro-ministro. A zona visitada por Qorei é uma das que a Autoridade Palestiniana menos controla. Este incidente foi visto como um muito sério aviso à política da ANP. O primeiro-ministro aproveitou para recordar que o principal objectivo do seu governo é controlar os grupos radicais e devolvar a segurança à Palestina.