Última hora

Última hora

Passaporte de leitura óptica obrigatório para entrar nos Estados Unidos

Em leitura:

Passaporte de leitura óptica obrigatório para entrar nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Cidadãos de 27 países precisam, a partir de hoje, de um passaporte de leitura óptica para entrar nos Estados Unidos. A medida aplica-se aos países que fazem parte do Programa de Isenção de Vistos, entre os quais Portugal, que entrou em vigor em Outubro último.

Assim, para os portugueses, os passaportes emitidos antes de Janeiro de 2001 terão de ser renovados. Caso contrário se quiserem viajar para os Estados Unidos deverão requerer um visto de entrada junto da representação diplomática americana em Portugal. Este documento de leitura óptica é já emitido pelas autoridades portuguesas desde há quatro anos e inclui uma fotografia digital armazenada num chip que fornece ao agente do serviço de fronteiras um conjunto preciso de informações sobre o viajante. Estas alterações foram preconizadas pelos Estados Unidos no âmbito do combate ao terrorismo, mas a partir de 2006, maior rigor. Washington exige passaportes com dados biométricos. Pelo que os países visados têm um ano para prepararem este novo documento que deverá conter, além da clássica impressão digital do portador, um registo da íris.