Última hora

Última hora

Galiza: Fim do reinado de Fraga Iribarne

Em leitura:

Galiza: Fim do reinado de Fraga Iribarne

Tamanho do texto Aa Aa

O partido popular perdeu a maioria absoluta na Galiza. A direita espanhola viu fugir-lhe entre os dedos um dos seus bastiões depois de apurados os votos da emigração. Os cerca de 300.000 galegos que vivem no estrangeiro representam 12 por cento do eleitorado.

O próximo presidente da região, Emilio Perez Tourino, anunciou tempos de esperança, e prometeu cumprir com um “mandato de mudança e renovação da Galiza” . O escrutínio regional de 19 de Junho mostrou no entanto que os conservadores continuam a ser a força política mais votada. O PP obteve 37 deputados contra 25 dos socialistas e 13 dos nacionalistas galegos. PSOE e nacionalistas coligaram-se para formar governo. Juntos contabilizam 38 mandatos num parlamento com 75 assentos. Para o PP, o acordo vai contra o que seria natural, ou seja que o partido mais votado forma-se governo, assim, segundo Federico Trillo, “os dois derrotados vão chegar ao governo da Galiza”. Este resultado traduz o fim de uma época. O veterano Manuel Fraga Iribarne falhou a quinta maioria para os populares. Ao fim de 16 anos na presidência da Xunta, o ex-ministro de Franco e fundador do PP vai ceder o seu lugar a um socialista.