Última hora

Última hora

Crescimento económico dos EUA revisto em alta

Em leitura:

Crescimento económico dos EUA revisto em alta

Tamanho do texto Aa Aa

A economia norte-americana cresceu mais, no primeiro trimestre deste ano, do que o anteriormente anunciado.A revisão em alta foi anunciada pelo departamento do Comércio, o que trouxe confiança aos mercados e vem reforçar a crença na economia norte-americana. Há mais casas a ser construídas e as exportações também aumentaram, o que explica que os números tenham sido revistos.3,8 por cento é o valor agora avançado, em vez dos anteriores 3,5 por cento. O crescimento mantém-se assim ao mesmo ritmo do final de 2004. É um valor melhor ainda que o estimado pelos analistas.

A inflação foi também mais suave que o anteriormente previsto, com o consumo das famílias também em alta. O investimento das empresas cresceu 6,6 por cento, e não 5,3 como tinha sido apontado. No entanto, este número ficou abaixo do valor do último trimestre de 2004. Estes dados encorajadores chegam numa altura em que a Reserva Federal, comandada por Alan Greenspan, se prepara para subir mais uma vez o preço do dinheiro. Termina esta quinta-feira mais uma reunião e tudo aponta para que seja decidida uma nova subida na taxa de juro directora, que deve assim aumentar dos 3 para os 3,25 por cento. A acontecer, será a nona subida consecutiva, o que coloca os juros dos Estados Unidos bastante acima dos da Zona Euro. Depois de terem estado a um mínimo histórico de um por cento, a Fed não pára de decretar subidas desde meados de 2004, ao contrário do que tem feito o Banco Central Europeu, que prefere deixar o preço do dinheiro inalterado. Isso mostra a diferença nas perspectivas económicas de ambos os lados do Atlântico.