Última hora

Última hora

Schroeder faz tudo para não ter o apoio do parlamento e marcar eleições.

Em leitura:

Schroeder faz tudo para não ter o apoio do parlamento e marcar eleições.

Tamanho do texto Aa Aa

O chanceler alemão Gerhard Schroeder prepara-se para uma manobra política que, se tudo correr bem, vai conduzir à marcação de eleições antecipadas.

A estratégia é meio diabólica mas simples. Na Alemanha, o governo precisa obrigatoriamente do apoio do parlamento. Ora, para além de a Agenda 2010 não estar a produzir os efeitos imediatos desejados, o partido de Schroeder sofreu uma derrota eleitoral sem precedentes no último sufrágio regional. Um deputado dos Verdes diz que “é uma incoerência continuar a apoiar este executivo”. E é isso que o chanceler pretende, que os deputados não lhe dêem o apoio necessário. Isso pode ser feito através de um pedido de voto de confiança. A ideia é conseguir a abstenção da maioria dos deputados. Sem o apoio do parlamento, as eleições antecipadas são inevitáveis. Até agora, mantém-se a incógnita e uma grande curiosidade sobre o que vai dizer esta sexta-feira Gerhard Schroeder aos parlamentares.