Última hora

Última hora

Alegado suicida abatido em plena hora de ponta pela polícia em Aknara

Em leitura:

Alegado suicida abatido em plena hora de ponta pela polícia em Aknara

Tamanho do texto Aa Aa

Um homem alegadamente armado com um cinto de explosivos tentou entrar no edifício do Ministério da Justiça, nas imediações do gabinete do primeiro-ministro da Turquia. Em plena hora de ponta, no centro da capital, Ankara, dois disparos da polícia deitam o fugitivo por terra, ferido. Segundos depois regista-se um outro tiro, fatal.

Os agentes tentaram alegadamente impedir que o homem, que aparentava ter 30 anos, detonasse os explosivos que levava no corpo. Os alarmes dos ministérios foram activados quando o alegado suicida tentou entrar no edifício. O homem conseguiu fugir, mas aparentemente levava as mãos atadas atrás das costas. De acordo com fontes turcas, trata-se de Eyup Beyaz, um militante da extrema-esquerda, do DHKP-C, ilegalizado na Turquia e na União Europeia.