Última hora

Última hora

Oskar Lafontaine defende Aliança de Esquerda para bater SPD

Em leitura:

Oskar Lafontaine defende Aliança de Esquerda para bater SPD

Tamanho do texto Aa Aa

Uma aliança de esquerda capaz de se implantar em toda a Alemanha a ponto de rivalizar com o SPD foi hoje defendida, em Kassel, por Oskar Lafontaine. O antigo dirigente do SPD é um dos principais nomes da Alternativa Eleitoral para o Trabalho e a Justiça Social, um movimento à esquerda dos sociais-democratas, que pretende aliar-se com os ex-comunistas de Leste do PDS para ganhar peso no Bundestag.

No congresso da nova força de esquerda, Lafontaine disse que “a prioridade agora vai para aqueles que não são ouvidos no Parlamento. As pessoas contam connosco”. Os membros do W.A.S.G. têm agora duas semanas para se pronunciarem sobre a união com o PDS, partido bastante implantado no Leste da Alemanha. As tácticas eleitorais vão assim sendo definidas, ainda antes de haver certezas sobre a realização de eleições antecipadas. Na sexta-feira, a Câmara baixa do parlamento alemão retirou a confiança ao chanceler. Uma manobra deliberada de Schroeder que ainda terá de ser validada pelo presidente Horst Kohler e pelo Tribunal Constitucional para que seja agendado um escrutínio. Porém, este domingo, foi aproveitado pelos dois principais partidos para anunciar as respectivas estratégias para retirar o país da estagnação económica e reformar a pesada máquina estatal.