Última hora

Última hora

Comité Olímpico a postos para escolher cidade dos jogos de 2012

Em leitura:

Comité Olímpico a postos para escolher cidade dos jogos de 2012

Tamanho do texto Aa Aa

A pressão e a sedução reinam em Singapura, como nunca antes aconteceu na história dos jogos olímpicos. Dois dias antes da votação do Comité olímpico, os lobbies das cinco cidades candidatas à organização dos jogos de 2012 intensificam a pressão com recurso aos mais altos representantes políticos e às grandes vedetas do desporto.

Para contrariar a preferência de Paris, Londres destaca/se com Tony Blair, a princesa Ana e até David Beckham a tentarem obter créditos de última hora. Dada há muito como a cidade com maiores possibilidades, Paris não dorme sobre os louros e chegou a Singapura apostada em ganhar a corrida. Até porque já tem todas as infraestruras montadas. Bertrand Delanoe, presidente da Câmara de Paris, mostra/se confiante: “Eu estou confiante na qualidade da nossa performance e não nas fragilidades das outras candidaturas. E isto é bom porque essas são as regras do comité olímpico. Quanto a essas cidades, todas elas sao bonitas e atractivas, mas há uma que é melhor que as outras”. A defender Madrid, outra séria candidata a 2012, está já a rainha Sofia a quem se juntará o chefe do governo espanhol, José Luiz Zapatero. Longe das preferências, a cidade de Nova Iorque não perde a esperança apesar do reves na escolha do local do estádio olímpico e os problemas de segurança. Hillary Clinton, Mohamed Ali e até o nadador australiano Ian Thorpe dão a cara por esta candidatura. “Os nova iorquinos ja provaram que quando são deitados abaixo, conseguem levantar/se e isso vê/se com a forma como recuperámos com o problema do estádio” Depois de muitos milhões já gastos, e muitos mais ainda por gastar,as atenções concentram/se agora sobre o complexo de Raffles de Singapura onde quarta/feira será escolhida a cidade que irá organizar os jogos olímpicos de 2012.