Última hora

Última hora

China espera superavit recorde

Em leitura:

China espera superavit recorde

Tamanho do texto Aa Aa

O dragão chinês está mais activo que nunca. A China deve ter, este ano, um superavit comercial recorde. Os números de Junho bateram todas as expectativas. A diferença entre as exportações e as importações foi, no mês passado, de 8,7 mil milhões de euros.

Estes números ameaçam agravar as guerras comerciais que a China mantém com os Estados Unidos e com a União Europeia. Para o total do ano, prevê-se um superavit de 58 mil milhões de euros, que a confirmar-se, representará mais do dobro dos 26 mil milhões feitos no ano passado. Só na primeira metade do ano, o indicador foi de mais de 33 mil milhões de euros. As potências ocidentais aumentam a pressão sobre a China para que revalorize a moeda nacional. Há mais de dez anos que o yuan não sofre praticamente alterações, com um dólar a valer 8,2 yuan. Uma revalorização da moeda pode travar a força das exportações chinesas, mas, segundo alguns analistas, isso apenas iria beneficiar outros países asiáticos, que praticam preços igualmente baixo. Os preços baixos são a grande arma do comércio chinês que, agora, ataca num sector novo: o dos automóveis. Os primeiros carros “made in China” chegaram, na semana passada, ao mercado europeu. Trata-se de um carro do tipo SUV, chamado Landwind, que vai custar metade do que custam os principais concorrentes.