Última hora

Última hora

Surgem as primeiras pistas dos atentados de Londres

Em leitura:

Surgem as primeiras pistas dos atentados de Londres

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades britânicas estão decididas a não deixar nada ao acaso para descobrirem os culpados dos ataques de Londres. No coração da capital britânica, em quatro tendas, para cada um dos quatro atentados, depositam-se os elementos recolhidos nos locais das explosões. Os investigadores descobriram impressões digitais numa das bombas e pensam que pelo menos quatro pessoas agiram em conjunto para executar os ataques. A polícia suspeita que as bombas terão sido fabricadas pela mesma pessoa com explosivos de origem militar, provalvelmente, provenientes dos Balcãs. Os médicos legistas estão a observar com particular cuidado dois cadáveres do autocarro, um deles poderá ser o de um bombista suicida.

Tony Blair disse, na Câmara dos Comuns, estar convencido de que os ataques foram cometidos pelos mesmos extremistas que provocaram os atentados de Madrid e Nova Iorque. Pela primeira vez, a Europa está unida num único objectivo. A polícia britânica reuniu em Londres os serviços de informação de 28 países, Interpol e Europol e a cooperação começa a dar frutos. A Polónia investiga um cidadão britânico de origem paquistanesa que foi já interpelado pela polícia e o seu apartamento, em Lublin, revistado.