Última hora

Última hora

Volkswagen deve anunciar esta quarta-feira o nome do sucessor de Hartz

Em leitura:

Volkswagen deve anunciar esta quarta-feira o nome do sucessor de Hartz

Tamanho do texto Aa Aa

Sexo, subornos e viagens para lugares exóticos, o escândalo em torno da Volkswagen parece ter todos os ingredientes de um filme de Hollywood.

O caso já levou à demissão, na sexta-feira, de Peter Hartz, o responsável pelas reformas laborais do governo alemão que abandona o cargo de administrador e director dos recursos humanos da Volkswagen. Numa entrevista, o presidente do grupo Volkswagen, Brend Pischtsrieder, estimou o que este caso irá ter um impacto financeiro negativo de “pelo menos 100 mil euros”. Esta quarta-feira, o conselho de vigilância da Volkswagen deve aceitar esta a demissão, anunciar o nome do sucessor de Hartz e descobrir uma forma de recuperar a imagem do do maior construtor automóvel europeu. Segundo as notícias que têm saído, alguns sindicalistas, incluído o presidente da Comissão de Trabalhadores, terão beneficiado de viagens ao Brasil, pagas pela empresa. Nas despesas da Volkswagen com os sindicalistas estará também dinheiro gasto com prostitutas, tudo para que os representantes dos trabalhadores dessem apoio às reestruturações defendidas pela administração.