Última hora

Em leitura:

Adesão da Roménia à UE poderá ser adiada


mundo

Adesão da Roménia à UE poderá ser adiada

A Roménia poderá ver a adesão à União Europeia, prevista para o dia 01 de Janeiro de 2007, ser adiada para 2008. Em causa está a lentidão do processo de reforma do sistema judicial romeno que não agrada a Bruxelas.

O comissário para o Alargamento, Olli Rehn, tentou dar novo ânimo aos esforços do primeiro-ministro romeno, Calin Tariceanu, ao reconhecer que “a principal prioridade da Roménia é preparar a adesão à União Europeia especialmente no que diz respeito à realização do trabalho legislativo que está por fazer e à aplicação das reformas necessárias do sistema judiciário e da luta contra a corrupção.” De facto, estas são as linhas mestras definidas por Bruxelas para a adesão do país, no entanto, a morosidade do processo está a deixar o executivo europeu inquieto. Sobretudo, porque esta mesma morosidade levou o primeiro-ministro a ameaçar demitir-se no passado dia 07 de Julho, depois de o Tribunal Constitucional ter rejeitado vários artigos das reformas propostas pelo executivo. No passado dia 13, o parlamento romeno aprovou um conjunto de reformas, mas Tariceanu considerou-as insuficientes e manteve a intenção de se demitir. Há seis meses no poder, o primeiro-ministro pretendia aumentar a independência dos juízes e dar mais transparência ao processo de nomeação dos magistrados, mas o Tribunal Constitucional recusou a proposta.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Da bomba atómica à energia nuclear: o novo rumo da diplomacia indiana