Última hora

Última hora

Lahud aprova novo executivo libanês que conta um ministro do Hezzbollah

Em leitura:

Lahud aprova novo executivo libanês que conta um ministro do Hezzbollah

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de quase três semanas de conversações, Fuad Siniora conseguiu que o presidente Émile Lahud aprovasse o executivo que vai liderar.O novo primeiro-ministro libanês, o primeiro a ser eleito desde que a Síria retirou após três décadas de presença militar, compôs um governo de 24 elementos.

Uma equipa, que conta com a presença de um membro do Hezbollah, organização xiita considerada terrorista por Washington, mas com peso político sobretudo no sul do país. “Trata-se de uma equipa homogénea e solidária, pronta para trabalhar e escolhida para estar à altura dos desafios com que o Líbano se confronta actualmente”, disse o novo primeiro-ministro. No executivo, estão sobretudo formações anti-sírias.Quinze ministros saem das fileiras da Corrente do Futuro comandada por Saad Hariri. Cinco dos elementos fazem parte de uma coligação xiita, onde marca presença o Hezbollah, três são leais ao presidente Émile Lahud e há um independente.Ausente do governo, o cristão maronita Michel Aun assumiu-se como líder da oposição.