Última hora

Em leitura:

Tchetchénia: Grozny culpa guerrilha islamista do ataque em Znamenskoie


mundo

Tchetchénia: Grozny culpa guerrilha islamista do ataque em Znamenskoie

A televisão pública russa exibiu hoje imagens de um homem que diz ser o líder de uma guerrilha tchetchena, capturado na cidade de Irkutsk, na Sibéria, a mais de 4 mil quilómetros da república separatista.

O canal RTR mostrou imagens de livros religiosos assim como de documentação falsa, alegadamente apreendida durante a operação levada a cabo pelos serviços secretos russos (FSB). A informação que não pôde ser confirmada por fontes independentes, é divulgada um dia depois de Moscovo ter anunciado o reforço do combate ao terrorismo no país. Ontem um ataque atribuído à guerrilha tchetchena matou 15 pessoas, na sua maioria polícias, na aldeia de Znamenskoie, a norte de Grozny. As autoridades pró-russas anunciaram hoje ter identificado os suspeitos do ataque como membros da guerrilha do extremista islâmico Shamil Bassayev. A acção registada no Cáucaso do Norte, uma zona habitualmente calma, não foi reivindicada. Segundo as autoridades pró-russas, os autores do ataque terão utilizado um cadáver de um polícia para atraír os agentes que, ao aproximarem-se do corpo, fizeram deflagrar um engenho explosivo. O líder do governo pró-russso, Alu Alkhanov recusou-no entanto a falar de reacendimento da guerra, afirmando que os atentados diminuiram em 70% desde o início do ano. Há dois anos, uma explosão em Znamenskoye, iniciava uma onda de atentados terroristas que se iria arrastar até Moscovo.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

OMC arbitra diferendo Boeing/Airbus