Última hora

Última hora

Suspeito de tentativa de homicídio de Bush foi detido na Geórgia

Em leitura:

Suspeito de tentativa de homicídio de Bush foi detido na Geórgia

Tamanho do texto Aa Aa

Foi detido o homem suspeito de ter lançado uma granada na direcção do presidente norte-americano em Maio, no dia em que Bush estava na Geórgia.

Dezenas de agentes invadiram um bairro de Vashlijvari, nos subúrbios de Tbilissi, onde o suspeito se escondia. O homem em causa ainda resistiu à detenção, houve tiros, um polícia morreu, o suspeito fugiu. Depois mais tarde foi ferido e acabou finalmente detido. O ministro do Interior ofereceu na segunda-feira uma recompensa de 75 mil dólares por informações sobre o paradeiro do suspeito. Três dias depois da foto ter sido tornada pública, foi preso, mas ainda não é claro que a detenção tenha resultado de alguma denúncia. Dez de Maio foi o dia em que a granada foi lançada na direcção do presidente norte-americano. Bush estava em Tbilissi com o homólogo Mikhail Saakachvilli num palco e perante uma massa gigante de milhares de pessoas. De acordo com o FBI, a granada estava activa e só não rebentou porque houve avaria no dispositivo de ignição.