Última hora

Última hora

Scotland Yard faz progressos

Em leitura:

Scotland Yard faz progressos

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica anunciou ter detido mais dois suspeitos ligados à onda de ataques terroristas que teve início no dia 7 de Julho, elevando para um total de cinco, o número de pessoas presas.

Ao mesmo tempo foi revelada a identidade de dois dos alegados autores dos atentados falhados do dia 21. Muktar Said Ibrahim, de 27 anos, terá tentado fazer explodir o autocarro de Hackney street. Yasin Hassan Omar, de 24 anos, será o responsável pelo engenho explosivo encontrado numa carruagem do metro, em Warren Street. Outra novidade é a descoberta de uma quinta bomba. Peter Clarke, chefe da divisão antiterrorista da polícia metropolita, declarou que “os exames forenses iniciais realizados nas bombas detonadas parcialmente revelam similitudes com uma outra encontrada por um cidadão”, no parque Little Wormwood Scrubs, na zona ocidental da cidade. A Scotland Yard vai fazendo progressos naquela que considera ser a maior operação de busca da sua história. No entanto, o terror está longe de ter terminado. As autoridades continuam no encalço de outros quatro suspeitos que, de acordo com a polícia, “poderão estar em casas seguras no país.” A Scotlard Yard deixou o aviso: “Os terroristas podem voltar a atacar. É uma corrida contra o tempo.”