Última hora

Última hora

Conhece-se hoje o veredicto do assassino confesso de Theo Van Gogh

Em leitura:

Conhece-se hoje o veredicto do assassino confesso de Theo Van Gogh

Tamanho do texto Aa Aa

É hoje conhecida a sentença do assassino confesso do realizador holandês Theo Van Gogh.

A acusação pediu prisão perpétua e ao que tudo indica deverá mesmo conseguir colocar Mohamed Bouyeri atrás das grades o resto da vida. O homem de 27 anos, com dupla nacionalidade, holandesa e marroquina, confessou em tribunal ter assassinado Van Gogh com “convicção e em nome da fé em Alá”. E também disse que o fez não por odiá-lo mas por que “deveria cortar a cabeça a todos os que insultassem Alá e os seus profetas”. A acusação tentou ainda convencer os juízes de que o crime foi premeditado e ainda que Bouyeri terá recebido a ajuda de terceiros para cometer o crime, isto apesar de não haver qualquer prova. O realizador Theo Van Gogh foi assassinado a 2 de Novembro de 2004, quando se deslocava de bicicleta para o local de trabalho. O crime surgiu a propósito do filme “Submissão”, uma obra que mostra com violência as atrocidades que são cometidas por fundamentalistas islâmicos em especial contra as mulheres.