Última hora

Última hora

Sharon em visita de charme para reavivar relações com Paris

Em leitura:

Sharon em visita de charme para reavivar relações com Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Ariel Sharon está em visita oficial de três dias a França para encetar uma nova página nas relações entre os dois países.

Uma viagem que visa dissipar as tensões, surgidas no ano passado com o recrudescimento do anti-semitismo em França, o que levou o primeiro-ministro israelita a apelar aos judeus para abandonarem o país. À chegada ao aeroporto de Orly ontem ao final da tarde, Ariel Sharon foi recebido pelo ministro das Pequenas e Médias Empresas Renaud Dutreil. Hoje, durante a manhã encontra-se com o Presidente Chirac para uma reunião e um almoço de trabalho. Questões como a posição francesa em relação à Síria e ao Irão, mas também a retirada israelita da Faixa de Gaza vão estar em cima da mesa, neste primeiro encontro entre os dois homens desde Julho de 2001. Enquanto a nível político se reforçam os laços franco-israelitas, nas ruas de Paris, centenas de pessoas protestaram contra a visita de Sharon. “Fico triste pela França estar a receber um criminoso de guerra como Ariel Sharon. O registo dele é longo e bem conhecido. Não podemos esquecer o que fez nos últimos anos, sobretudo na Palestina”, diz um manifestante. O protesto, convocado por cinquenta associações e partidos políticos, constou de uma vigília pelo desmantelamento do muro que separa Israel da Cisjordânia e pelo fim da ocupação dos territórios palestinianos.