Última hora

Última hora

Portugueses podem voltar a pescar em Marrocos

Em leitura:

Portugueses podem voltar a pescar em Marrocos

Tamanho do texto Aa Aa

Os barcos portugueses vão poder regressar às aguas marroquinas. Este é o resultado do acordo de pescas, assinado esta quinta-feira, entre a União Europeia e Marrocos.

A partir de Março do próximo ano, e durante quatro anos, 119 embarcações comunitárias, sobretudo de pesca artesanal, vão poder dedicar-se à faina nas águas do reino. Em troca, Rabat receberá uma compensação financeira de 36 milhões de euros anuais. Mustapha Mechahouri, o ministro marroquino do Comércio Externo, diz que “o acordo tem em conta as questões levantadas tanto por Marrocos como pela União, pelo que é equilibrado.” Como explica Joe Borg, o comissário das Pescas, o acordo “promove uma actividade responsável, baseada numa cooperação económica, financeira, técnica e científica entre a União Europeia e o Reino de Marrocos.” O novo acordo benficiará sobretudo Espanha mas também Portugal. O protocolo vem substituir aquele que chegou ao fim em 1999, que permitia a cerca de meio milhar de barcos europeus pescarem em Marrocos, em troca de 100 milhões de euros anuais. A maioria das embarcações vinha da Península Ibérica.