Última hora

Última hora

Itália procura entendimento com a comunidade muçulmana do país

Em leitura:

Itália procura entendimento com a comunidade muçulmana do país

Tamanho do texto Aa Aa

Para além do reforço das medidas antiterroristas, o governo italiano promove também a aproximação à comunidade muçulmana, uma medida anunciada na sequência dos atentados de Londres. O ministro italiano do Interior, Giuseppe Pisanu, explicou aos deputados o objectivo desta aproximação: “O conselho vai actuar no sentido da criação de um islão italiano, no respeito da identidade nacional e das nossas leis, que proteja ao mesmo tempo a sua identidade e as diferenças de forma compatível com as nossas instituições”.

O objectivo de Roma é criar um conselho que integre representantes da comunidade islâmica, de forma a criar canais de diálogo inter-religiosos, que permitam combater e conter o terrorismo. Mas a medida suscita algumas reservas da parte de alguns líderes muçulmanos. O secretário da União das Comunidades Islâmicas em Itália, Hamza Roberto Picardo,afirma que “a criação do conselho por razões de segurança não será o suficiente para prevenir os riscos do terrorismo”. Picardo gostaria de ver o conselho focar as suas energias numa maior compreensão da realidade dos muçulmanos em Itália.Mas como sempre em questões tão sensíveis as opiniões dividem-se:Este italiano está de acordo com a medida do governo.“Acredito que é uma boa iniciativa porque as pessoas tendem a tomar todos os muçulmanos por extremistas responsáveis por atentados”. O tempo dirá se a medida do governo vai conseguir os resultados pretendidos.