Última hora

Última hora

Testemunho de Helmut Kohl tira suspeito de corrupção da cadeia

Em leitura:

Testemunho de Helmut Kohl tira suspeito de corrupção da cadeia

Tamanho do texto Aa Aa

Graças ao antigo chanceler Helmut Kohl, um ex-membro do governo – Ludwig Pfahls – detido por suspeita de suborno e evasão fiscal vai poder sair brevemente em liberdade.

Trata-se um negócio que remonta aos anos 90 e diz respeito a compra e venda de equipamento militar. Pfahls era acusado de beneficiar ilegalmente da venda de 36 tanques de guerra (anfíbios) à Arábia Saudita. O ex-secretário de Estado da Defesa recebeu qualquer coisa como 2 milhões de euros e não declarou o valor às finanças. Depois de três antigos membros do governo já terem afirmado em tribunal que Ludwig Pfahls não tinha recebido qualquer suborno, surge o próprio Helmut Khol, chefe do executivo na altura, a confirmar que o ex-secretário de Estado da Defesa não tinha culpa no cartório e que todo o negócio estava dentro da lei. A acusação de beneficiar ilegalmente do negócio foi retirada, Pfahls poderá sair em liberdade dentro em breve mas terá de enfrentar ainda a acusação de evasão fiscal.