Última hora

Última hora

Ulster: Polícia detém seis unionistas e enfrenta ira da população

Em leitura:

Ulster: Polícia detém seis unionistas e enfrenta ira da população

Tamanho do texto Aa Aa

Nem o abandono da luta armada anunciado pelo IRA trouxe a calma à Irlanda do Norte. Na sequência de uma operação policial que terminou com a detenção de seis unionistas, alegadamente envolvidos no assassínio de Stephen Paul, no dia 29 de Julho, centenas de pessoas saíram à rua para protestar.

Alguns dos manifestantes, assaltaram e incendiaram um carro, o que levou à intervenção da polícia. Os agentes de segurança tentaram pôr fim ao protesto, mas foram atacados com pedras, garrafas, foguetes e bombas incendiárias. Quarenta polícias ficaram feridos, 10 carros e um autocarro foram atacados e incendiados. Stephen Paul, de 28 anos, era membro da Força dos Voluntários Lealistas, oposta ao processo de paz e implicada no tráfico de droga. A polícia pensa que Paul foi assassinado por membros do grupo rival Força dos Voluntários do Ulster. Só em cinco anos, os confrontos fratricidas entre grupos armados protestantes já fizeram vinte mortos.