Última hora

Última hora

Acidente aéreo em Itália: marinha procura três desaparecidos

Em leitura:

Acidente aéreo em Itália: marinha procura três desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

A marinha italiana prossegue as buscas ao largo da costa de Palermo para encontrar os três passageiros ainda desaparecidos na sequência do acidente aéreo registado ontem com um bimotor da companhia Tuninter.

Até agora o número de vítimas ascende a 13 mortos e 23 feridos. O acidente ocorreu no momento em que o piloto tentava uma amaragem de emergência, ao largo de Palermo, depois de ter detectado uma avaria num dos motores, o que o impediu de atingir o aeroporto da regiao. O avião bimotor, da companhia de baixo custo tunisina, Tuninter, realizava a ligação entre Bari, na costa italiana do Adriático, e Djerba, na Tunísia, com 34 passageiros a bordo, a maioria italianos, e cinco membros tunisinos da tripulação. O avião, de fabrico francês, tinha passado as inspecções de segurança em Itália, datando a última revisão de Março, segundo os responsáveis italianos. No aeroporto de Bari, de onde partira o voo, um familiar de um passageiro aguarda ainda notícias do tio. “Até agora sei apenas que a minha tia se salvou”, afirma. O acidente de ontem ensombra o mercado das viagens de baixo custo para o Norte de África do Norte, destino cada vez mais popular numa Itália afectada pela crise económica. A maioria dos passageiros tinha pago 750 euros por uma semana na Tunísia, viagem e estada incluídas.