Última hora

Última hora

Suposto "cérebro" dos atendados de 7 de Julho extraditado para a Grã-Bretanha

Em leitura:

Suposto "cérebro" dos atendados de 7 de Julho extraditado para a Grã-Bretanha

Tamanho do texto Aa Aa

Haroon Aswad foi extraditado para a Grã-Bretanha. O britânico de origem indiana, suspeito de envolvimento nos atentados de 7 de Julho em Londres, foi detido na Zâmbia, a 20 do mesmo mês.

O suposto terrorista foi apontado pela imprensa como o “cérebro” por trás dos ataques que fizeram 56 mortos na capital britânica, incluindo os seus autores. Uma relação que a Scotland Yard nunca confirmou. Fontes policiais dizem que Aswad poderá mesmo ser posteriormente deportado para os Estados Unidos, onde é procurado por uma alegada tentativa de montar um campo de treino militar. No sábado, a polícia britânica acusou formalmente Yassin Hassan Omar, um dos suspeitos dos atentados falhados de 21 de Julho em Londres. O primeiro dos quatro alegados bombistas da segunda vaga de ataques a ser inculpado enfrenta acusações de conspiração para cometer homicídio, tentativa de homicídio e posse de explosivos. A serem confirmadas, qualquer uma delas lhe poderá valer a prisão perpétua.