Última hora

Última hora

Quatro suspeitos dos ataques de 21 de Julho detidos até Novembro

Em leitura:

Quatro suspeitos dos ataques de 21 de Julho detidos até Novembro

Tamanho do texto Aa Aa

Os quatros suspeitos de envolvimento nos ataques falhados de 21 de Julho em Londres estão detidos em prisão preventiva até 14 de Novembro.

Os alegados bombistas foram ouvidos na manhã desta segunda-feira em tribunal, na prisão de Belmarsh. A instância judicial está sediada no centro histórico de Londres e por razões de segurança o tribunal foi transferido excepcionalmente para Belmarsh. Tratam-se então de quatro suspeitos. Três são acusados de tentativa de homicídio, posse de explosivos e conspiração. São eles Ibrahim Muktar Said, de 27 anos, Yassin Omar Hassan de 24 e ainda Ramzi Mohamed de 23 anos. O quarto suspeito, Manfo Asiedu, de 32 anos, foi acusado de conspiração com objectivos homicidas, no que diz respeito a uma bomba que não explodiu num parque a leste de Londres. O engenho foi descoberto dois dias depois dos atentados frustrados de 21 de Julho. Os outros três suspeitos presentes a tribunal estão relacionados com o ataque frustrado de há três semanas. Um quinto suspeito, Osman Hussain, também conhecido como Hamdi Isaac, que terá falhado no ataque de Shepherd’s Bush, permanece sob custódia das autoridades em Itália.