Última hora

Última hora

Casaquistão confirma perigo para humanos do surto de gripe das aves

Em leitura:

Casaquistão confirma perigo para humanos do surto de gripe das aves

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades sanitárias do Casaquistão anunciaram esta manhã que o surto de gripe das aves detectado no dia 4 de Agosto pertence à variante H5N1, que causou dezenas de vítimas na Ásia desde que foi detectado em 2003.

No Casaquistão, não há ainda notícia de contaminação humana, mas as autoridades mantêm em quarentena diversas explorações avícolas de Golubovka, na região de Pavlodar, no norte de país. Também na Rússia, na região siberiana de Novosibirsk, a quatrocentos quilómetros de Golubovka, foi verificado um surto de gripe das aves com as características do H5N1. Em relação a esta epizootia, as opiniões das autoridades sanitárias dividem-se. A Organização Mundial de Saúde afirma que o surto russo está a decair e deverá desaparecer no final do mês. Porém, os veterinários russos, apesar de considerarem circunscrita a origem, temem que a partida de aves migratórias contaminadas possa espalhar o vírus por todo o território euroasiático ou, inclusivamente, levar a doença até ao continente americano. Para prevenir a propagação do vírus, a União Europeia vai proibir a partir de sexta-feira a importação de produtos avícolas da Rússia e do Casaquistão.