Última hora

Em leitura:

Irão quebra os últimos laços com a ONU e a AIEA


mundo

Irão quebra os últimos laços com a ONU e a AIEA

Os selos da ONU colocados na fábrica de conversão de urânio de Isaphan, centro do Irão, foram levantados, anunciou o chefe da organização iraniana da energia atómica. “O resto dos selos será levantado hoje e as actividades (da central) vão ser retomadas”, afirmou Gholamreza Aghazadeh.

Com a retirada dos selos, a central deverá retomar a produção em pleno, numa altura em que o reinício das actividades nucleares iranianas preocupa as autoridades mundiais e leva à realização de uma reunião com carácter de urgência da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), em Viena. A reunião foi suspensa ao fim da tarde de ontem para contactos bilaterais, mas é pouco provável que os países-membros aceitem o envio da questão para o Conselho de Segurança da ONU. Fontes diplomáticas em Viena, consideram que será muito difícil a União Europeia conseguir convencer os outros países-membros a adoptar uma resolução dura em relação ao Irão o que poderá inviabilizar um consenso. O historial de 18 anos de dissimulações iranianas faz temer que o enriquecimento de urânio no Irão sisva para a proliferação militar.
Saiba mais:
Artigo seguinte

mundo

Nova política de Washington para ambiente aprovada quatro anos depois