Última hora

Última hora

Impasse em Viena sobre o nuclear iraniano

Em leitura:

Impasse em Viena sobre o nuclear iraniano

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar dos diferentes apelos ao retomar das negociações entre a troika europeia e o Irão sobre o nuclear, a situação está bloqueada. O conselho de governadores da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), reunido desde terça-feira em Viena, suspendeu os trabalhos.

Enquanto isso, os iranianos começaram a violar os selos colocados pela AIEA na central nuclear de Isfahan. A porta-voz da agência afirmou que, segundo os inspectores, os selos terão começado a ser violados, mas espera-se a confirmação. Os 35 membros do conselho de governadores da AIEA voltam a reunir-se na tarde desta quinta-feira para analisarem a proposta europeia de uma resolução que obrigue o Irão a parar o enriquecimento de urânio. Kofi Annan, o secretário-geral da ONU, apela ao retomar das discussões entre europeus e iranianos com vista a encontrar uma solução conforme com as normas internacionais e com as resoluções da agência de energia atómica. O Irão, que suspendeu em Novembro o enriquecimento de urânio para conversar com a Grã-Bretanha, a Alemanha e a França, insiste que não está a cometer nenhuma ilegalidade, já que o Tratado de Não Proliferação Nuclear autoriza a conversão e enriquecimento de urânio para fins pacíficos. Mas nem os Estados Unidos nem a Europa estão seguros desses fins. A troika europeia ameaça levar o assunto ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, mas há vários países que podem vetar eventuais sanções contra a república islâmica.