Última hora

Última hora

Justiça alemã condena ex-membro do governo Kohl a mais de dois anos de prisão

Em leitura:

Justiça alemã condena ex-membro do governo Kohl a mais de dois anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

Dois anos e três meses de prisão é a setença a que foi condenado o ex-secretário de Estado alemão para a Defesa e Armamento do governo de Helmut Kohl. Ludwig-Holger Pfahls foi considerado culpado de fraude fiscal e suborno, num milionário caso de venda de armas.

Face ao tribunal de Augsbourg, no Sul da Alemanha, o antigo secretário de Estado reconheceu ter recebido dinheiro de um traficante de armas. No entanto, ao longo do julgamento, iniciado em final de Junho, Pfahls viu cair a acusação de corrupção, graças ao testemunho do ex-chanceler alemão, Helmut Kohl, e de três ex-ministros, que assumiram a responsabilidade sobre a decisão de vender blindados à Arábia Saudita em 1991. Venda que originou todo o processo. Pfahls, antigo chefe dos serviços secretos, esteve no governo alemão entre 1987 e 1992.