Última hora

Última hora

Merkel distancia-se da polémica criada pelo colega Stoiber

Em leitura:

Merkel distancia-se da polémica criada pelo colega Stoiber

Tamanho do texto Aa Aa

A candidata conservadora Angela Merkel distanciou-se das gaffes proferidas por Edmund Stoiber, que disse publicamente recusar a ideia de serem os alemães de Leste a decidir quem ganha nas próximas eleições.

A cinco semanas e meia do sufrágio, Angela Merkel, candidata dos conservadores da CDU e da CSU, teve de ir à televisão dizer que quer ser chanceler de todos os alemães. Merkel considera ser “contraprodutivo insultar os eleitores”, acha que não há necessidade de contribuir para uma nova separação da Alemanha. Diz a candidata que “o importante é que o Leste e o Oeste alemão possam trabalhar em conjunto”. O chefe de governo da Baviera é agora “personna non grata” desta campanha. As palavras de Edmund Stoiber estão em todos os jornais. O líder da CSU voltou a lamentar que as eleições de 18 de Setembro sejam decididas pelos cidadãos de Leste, que são frustrados e não são tão inteligentes como os da Baviera. Foram assim reabertas feridas antigas. E, por isso, os conservadores, que em Junho contavam com 49% das intenções de voto, viram agora as sondagens e a vantagem que tinham em relação aos socilistas baixou cinco pontos percentuais para os 42 por cento.