Última hora

Última hora

Iraque: comissão tem 7 dias suplementares para encontrar acordo constitucional

Em leitura:

Iraque: comissão tem 7 dias suplementares para encontrar acordo constitucional

Tamanho do texto Aa Aa

Pela lei administrativa transitória do Iraque, o dia 15 de Agosto era apontado como a data-limite para o projecto constitucional estar concluído, sob pena da assembleia constituinte ser dissolvida e ver convocadas novas eleições, no entanto foi acordado um prazo suplementar. Foi acrescebtada mais uma semana para os parlamentares encontrarem um acordo.

Murthada Sabbar, um cidadão de Bagdade, considera que “podem adiar a aprovação da constituição por uma ou duas semanas, mas o Parlamento deve encontrar uma solução. Se não conseguirem, têm de ser francos, porque estamos prontos a encontrá-la”. Igual opinião tem Omar Qassim, um engenheiro da capital: “Nada justifica este adiamento. As questões que permanecem não são novas. Se resolverem os problemas numa semana, tudo bem. Mas não me parece que o consigam”. A questão das receitas do petróleo já foi ultrapassada, mas há ainda assuntos que dividem as diferentes comunidades: a autonomia curda, o federalismo, os direitos das mulheres e o papel do Islão na sociedade iraquiana estão ainda por definir. A comissão constitucional tem agora de limar estas arestas até ao dia 22 de Agosto. A administração norte-americana minimizou este revés e mantém-se confiante no respeito das datas previstas para a continuação do processo democrático.