Última hora

Última hora

Boeing cipriota despenhou-se por falta de combustível

Em leitura:

Boeing cipriota despenhou-se por falta de combustível

Tamanho do texto Aa Aa

A queda do Boeing cipriota, no passado dia 14, perto de Atenas, ficou a dever-se a problemas de pressurização e à falta de combustível, segundo informou hoje o chefe da comissão de inquérito.

Numa carta enviada ao ministro dos Transportes, Akrivod Tsolakis afirma que após uma semana de investigações “há provas de que os reactores deixaram de funcionar por falta de combustível e essa foi a razão principal para o despenhamento”. Os investigadores aguardam ainda numerosos resultados nomeadamente os relatórios de toxicologia dos médicos legistas e os relatórios das conversas da cabine de pilotagem. O avião que partira do aeroporto de Larnaca perdeu contacto com a torre de controlo tendo-se caído sobre a montanha de Orrobos, a nordeste da capital grega. Cento e vinte e uma pessoas morreram neste acidente.