Última hora

Última hora

Chipre investiga licença da Helios e UE pensa em "lista negra" de companhias aéreas perigosoas

Em leitura:

Chipre investiga licença da Helios e UE pensa em "lista negra" de companhias aéreas perigosoas

Tamanho do texto Aa Aa

Lançado o debate sobre a segurança das companhias aéreas, a União Europeia (UE)pensa criar uma “lista negra” dos operadores considerados perigosos. É neste contexto que as autoridades cipriotas abriram um inquérito para apurar se a Helios merecia a licença de voo. Segundo a imprensa, o anterior governo cipriota não fez casos das preocupações da Organização Internacional de Aviação Civil que contestou a atribuição da licença à companhia.

Entretanto, prossegue a investigação sobre as causas da queda do aparelho da Helios perto de Atenas e que vitimou 121 pessoas. As causas ainda não são conhecidas, mas foi agora revelado que o aparelho tinha probelmas já antes da fatídica viagem. As primeiras autópsias revelaram que as pessoas estavam vivas quando da colisão como o solo, mas podiam não estar conscientes. Sob investigação por alegada negligência, a companhia cipriota anunciou o envio de todos os aparelhos para um controlo completo, até porque há quatro dias um outro avião teve de realizar uma aterragem de emergência.