Última hora

Em leitura:

França conhece candidatos à compra de auto-estradas


empresas

França conhece candidatos à compra de auto-estradas

O governo francês conhece já todos os candidatos à compra das três operadoras de auto-estradas do país mas, por enquanto, mantém os nomes no segredo dos deuses. Terminou esta segunda-feira o prazo para a apresentação de candidaturas à compra do capital que ainda está nas mãos do Estado. O governo de Paris diz que eventualmente vai revelar o número de ofertas, mas não os nomes nem os montantes.

O processo deve estar concluído no Outono e deve trazer, para os cofres do estado, cerca de dez mil milhões de euros. Uma quantia que dá jeito a Paris para resolver as contas do défice. Entre os pretendentes, devem estar dois grupos franceses: a Vinci, que é já accionista de cerca de um quarto da empresa de Autoestradas do Sul de França (ASF) e a Eiffage. Entre os investidores estrangeiros, há vários potenciais interessados, incluindo quatro grupos espanhóis e um italiano. As três empresas em causa, já privatizadas parcialmente, são a ASF, a APRR -Auto-Estradas de Paris, Reno e Ródano e a Sanef – Sociedade de Auto-Estradas do Norte e Este de França. A medida foi uma das primeiras anunciadas pelo governo de Dominique de Villepin e conta com a oposição de grande parte do espectro político francês.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

Ex-patrão da WorldCom condenado a 25 anos de prisão