Última hora

Última hora

TUI quer maior presença no negócio dos contentores

Em leitura:

TUI quer maior presença no negócio dos contentores

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo alemão de turismo TUI quer tornar-se na quinta maior empresa mundial de transporte de contentores, ao apresentar uma oferta de 1,6 mil milhões de euros pela britânica CP Ships.

As notícias foram mal recebidas plos investidores da TUI e provocaram uma queda nas acções do grupo. O negócio coloca em risco os planos da TUI de reduzir as dívidas, este ano, em dois mil milhões de euos. A oferta da TUI conta com o apoio da administração da CP Ships. No entanto, os investidores estão cépticos quanto aos negócios neste sector. Esta é a segunda grande aquisição no transporte marítimo de contentores, em poucas semanas. No início deste mês, a dinamarquesa Maersk anunciou a compra da Royal P&O Nedlloyd, por 2,3 mil milhões de euros. A TUI é já proprietária de uma empresa do sector, a Hapag-Lloyd, que comprou em 1997. A nova aquisição destina-se a expandir as linhas desta companhia. A Hapag-Lloyd e a CP Ships, juntas, devem ter uma frota de mais de 1300 navios e devem beneficiar com a retoma deste sector, prevista para 2007 e 2008. Para o próximo ano, prevê-se um abrandamento, por culpa do aumento da capacidade.