Última hora

Última hora

Venezuela ajuda Equador a superar crise petrolífera

Em leitura:

Venezuela ajuda Equador a superar crise petrolífera

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente venezuelano Hugo Chávez quer ser o salvador da crise petrolífera do Equador. As medidas foram anunciadas em Cuba, durante um encontro com Fidel Castro. A Venezuela vai emprestar petróleo ao Equador que, em troca, vai também pagar com petróleo, quando o tiver. Ou seja, não há dinheiro envolvido.

“No Equador, por causa de problemas internos, tiveram que suspender a produção petrolífera e pediram-nos que emprestássemos o petróleo. Nós emprestamos”, disse Chávez. O presidente venezuelano disse ainda que o seu governo estava a cumprir as obrigações que o executivo do Equador não conseguiu cumprir. A crise estalou há uma semana, nas províncias do Leste do país, quando manifestantes, apoiados pelos governos locais, atacaram instalações petrolíferas, pedindo mais emprego e mais investimento em infraestruturas. Os ataques causaram uma queda abrupta na produção da companhia estatal Petroecuador e nas exportações do país e fizeram o crude norte-americano bater novos recordes históricos, acima dos 65 dólares por barril. A situação está a normalizar-se. Os rebeldes estão em negociações com o governo de Quito e a produção começa a subir, embora esteja ainda muito atrás dos níveis anteriores à ruptura. Segundo o Governo, só em Novembro a produção da Petroecuador vai poder voltar ao normal.