Última hora

Última hora

Delegação do governo brasileiro acompanha investigação a morte de Menezes

Em leitura:

Delegação do governo brasileiro acompanha investigação a morte de Menezes

Tamanho do texto Aa Aa

A delegação do governo brasileiro que deverá acompanhar a investigação da morte de Jean Charles Menezes já está em Londres. O sub-procurador-geral da República, Wagner Gonçalves, e o subdirector do Departamento de Cooperação Jurídica Internacional, Márcio Garcia, visitaram esta segunda-feira a Scotland Yard.

Jean Charles de Menezes foi abatido pela polícia com oito tiros, sete na cabeça e um no ombro, por ter sido confundido com um dos bombistas suicidas dos atentados falhados de 21 de Julho na capital britânica. Na altura a polícia justificou a morte de Menezes com os argumentos de que o cidadão brasileiro, vestido com um blusão, tinha um comportamento estranho e resistiu à detenção da polícia. No entanto, fotografias tiradas após o incidente, mostram que Menezes estava vestido com um casaco de ganga e, de acordo com testemunhas que se encontravam no metro, na estação de Stockwell, tinha um comportamento perfeitamente normal. Na mira da imprensa britânica e das autoridades brasileiras está o número três da Scotland Yard, o comissário Ian Blair, que após o incidente terá impedido a investigação do caso por uma comissão independente.