Última hora

Última hora

Iraque: Projecto de Constituição apresentado no parlamento

Em leitura:

Iraque: Projecto de Constituição apresentado no parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

Os xiitas e os curdos iraquianos festejaram esta noite o início de uma nova etapa no acesso do Iraque à sua total soberania. Desta vez, o prazo foi respeitado e o projecto de Constituição iraquiana foi apresentado no parlamento esta noite, mas alguns pontos de divergência levaram ao adiamento em três dias da votação do texto.

O presidente do parlamento, Hachim al-Hasani, referiu depois de ter recebido o projecto de Constituição, que “todas as partes estão determinadas a chegarem a um consenso e nos próximos dias vão discutir os pontos” que ainda as impedem de chegar a acordo. As questões que dividem os três grupos religiosos são o federalismo, a partilha dos recursos petrolíferos, o poder da Sharia (a lei islâmica) e mesmo o papel das mulheres na sociedade. O documento define o Iraque como republicano, parlamentar, democrático e federal. A comunidade sunita rejeita a ideia de Estados federados porque perderia o acesso ao petróleo, que se encontra no norte, ou melhor no Curdistão iraquiano, e no sul, onde vive a maioria xiita. Alguns analistas referem que o facto de os termos do federalismo não estarem definidos abre o caminho para um acordo com os sunitas, que já chamaram a atenção para a possibilidade do eclodir da guerra civil. Se a proposta passar no parlamento, os iraquianos deverão aprovar a Constituição em referendo no dia 15 de Outubro.