Última hora

Última hora

Torrentes de lama e água matam mais 10 pessoas na Roménia

Em leitura:

Torrentes de lama e água matam mais 10 pessoas na Roménia

Tamanho do texto Aa Aa

As cheias que afectam o centro e Leste da Europa, fizeram ontem mais 10 mortos na Roménia, enquanto na Suíça e na Áustria os governos contabilizam milhões de euros de prejuízos.

No centro da Roménia, as torrentes de lama e de água arrastaram ontem mais dez pessoas, a maioria idosas, aumentando o saldo de vítimas mortais para 25 nas últimas duas semanas. Em Harguitta, a região mais afectada, uma criança de quatro anos continua desaparecida. Na Áustria o governo desbloqueou um fundo de 30 milhões de euros destinado a catástrofes naturais. Milhares de bombeiros e soldados participam nas operações de reconstrução e de limpeza nas regiões do Tirol e do Vorarlberg, onde quatro pessoas morreram nos últimos dias. Na estância de esqui de Lech, e na ausência da ajuda vinda nos helicópteros militares, turistas e habitantes mobilizam-se para limpar os acessos da localidade bloqueada há vários dias pela lama. “Ajudar, ajudar, ajudar é a prioridade”, afirma uma turista que interrompeu as férias para ajudar uma habitante a recuperar os seus pertences da lama. Na Suíça, onde seis pessoas morreram em consequência das chuvas torrenciais, a ligeira acalmia registada ontem levou as seguradoras a calcular os prejuízos da intempérie em mais de 322 milhões de euros. Em Lucerna, no centro do país, os habitantes pareciam encarar com algum humor a subida das águas do rio Reuss. “As escolas tão fechadas, não podemos ir para o trabalho, é uma situação diferente que não deixa de ser divertida”, afirma uma habitante que observa as centenas de pessoas que desceram às margens submersas do rio, para mergulhar os pés dentro de água. Na Alemanha, as autoridades cancelaram o alerta declarado ontem na Baviera, onde a subida das águas do Danúbio foi menos grave do que o previsto.