Última hora

Em leitura:

"Katrina" povocou dezenas de mortos e lei marcial foi decretada em Nova Orleães


mundo

"Katrina" povocou dezenas de mortos e lei marcial foi decretada em Nova Orleães

Os Estados da Luisiana, Mississipi e Alabama vão levar semanas a recuperar da passagem do “Katrina”. À medida que as horas passam, as autoridades contam novos prejuízos e vítimas. Só no Mississipi morreram pelo menos 54 pessoas, no entanto, o número pode ser superior a 80 vítimas mortais, segundo o governador.

Na Luisiana contam-se três mortos, mas em Nova Orleães, onde os serviços de socorro multiplicam as operações de resgate, há registo de corpos nas águas que cobrem agora 80% da cidade. O “Katrina” é agora uma tempestade tropical, com ventos de 100 km/hora, e dirige-se para os Estados do Tennesse e Ohio, onde as autoridades alertam para a possível ocorrência de tornados. Nova Orleães escapou à passagem do “Katrina” mas foi duramente afectada. As águas atingem seis metros em certas zonas e a situação ameaça piorar, tendo em conta os danos provocados nos dois diques que protegem a cidade, situada a baixo do nível do mar. Para além dos resgates, as autoridades já tiveram de fazer frente a cenas de pilhagens. Foi, por isso, decretada a lei marcial. A cidade de Biloxi, no Mississipi, foi afectada directamente pelo centro do furacão. Só aqui as vítimas mortais são 30. Harvey Jackson é um dos habitantes. O “Katrina” destrui-lhe tudo e está desesperado porque não sabe para onde ir nem o que aconteceu à sua mulher Tonnete. Outra sobrevivente garante ter outro respeito pela Mãe-Natureza, pois o “Katrina” deu-lhe uma grande lição. O “Katrina” fez sete mortos na Florida. O governo americano prometeu ajuda financeira e está em curso uma gigantesca operação humanitária.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Iraque: Exército norte-americano abate operacional da Al-Qaeda