Última hora

Última hora

Israel e Paquistão encetam contactos diplomáticos

Em leitura:

Israel e Paquistão encetam contactos diplomáticos

Tamanho do texto Aa Aa

Encontro histórico em Istambul. A cidade turca foi palco de uma reunião entre o chefe da diplomacia paquistanesa, Khurshid Kasuri, e o seu homólogo israelita, Sylvan Shalom. O governo de Ancara mediou o primeiro encontro ao mais alto nível entre os representantes da nação muçulmana e do Estado Hebreu.

Na conferência de imprensa Kasuri referiu que “o Paquistão é um importante país islâmico e uma paz regional e global duradoura passa pela resolução de conflitos como os da Palestina ou de Caxemira.” Shalom afirmou que Israel mantém “contactos com todos os países árabes embora estes passem por canais secretos. Pelo que gostaria que as restantes nações islâmicas imitem o Paquistão e estabeleçam contactos à vista de todos. E que o façam pelos seus povos assim como pelos palestinianos pois desta forma será mais fácil ajudá-los.” Este encontro é um primeiro passo em direcção à normalização das relações entre os dois Estados. Mas é sobretudo o reconhecimento, da parte de Islamabade, do esforço do governo de Ariel Sharon e o retorno diplomático pela retirada da israelita da Faixa de Gaza. Todavia o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, adverte que Israel apenas será reconhecido depois da criação de um Estado Palestiniano, qualificando o encontro de hoje como um “contacto indirecto”. O Paquistão possui tecnologia bélica nuclear o que Israel sente como uma ameaça. Entretanto, Telavive reforçou a cooperação militar com a Índia – com quem o Paquistão mantém uma disputa fronteiriça.