Última hora

Última hora

Bombista suicida de Londres justifica atentados em vídeo da Al-Qaida

Em leitura:

Bombista suicida de Londres justifica atentados em vídeo da Al-Qaida

Tamanho do texto Aa Aa

A televisão do Quatar al-Jazira difundiu ontem uma nova reivindicação da rede Al-Qaida, percorrida pelos mesmos argumentos “anti-ocidentais”.

No registo, o número dois da organização terrorista Ayman Al-Zawihiri reclama a autoria dos atentados de 7 de Julho em Londres como, “uma bofetada na política externa de Tony Blair, na Chechénia, Iraque, Palestina e Afeganistão”. No vídeo surge ainda o alegado cabecilha dos ataques, Mohammed Sadiq Khan. O bombista suicida, de origem paquistanesa, lê um testamento onde aponta os ataques como uma resposta aos crimes contra a humanidade praticados pelo Ocidente contra o povo árabe. É a terceira vez que a Al-Qida reclama a autoria dos atentados, mas é a primeira que o faz em vídeo, com o testemunho de um dos quatro bombistas suicidas e alegado responsável pelo ataque contra o metro londrino de Edgware Road. No total, os ataques de 7 de Julho provocaram mais de cinquenta mortos. No vídeo não há no entanto qualquer referência aos atentados falhados de 21 de Julho.