Última hora

Última hora

França: Incendiárias de prédio de habitação social confessam motivações

Em leitura:

França: Incendiárias de prédio de habitação social confessam motivações

Tamanho do texto Aa Aa

Uma disputa entre raparigas terá estado na origem do incêndio que na noite de sábado provocou a morte de 16 habitantes de um prédio de habitação social em L’Ha-les-Roses, nos arredores de Paris.

Quatro suspeitas, detidas ontem e que se encontram em prisão preventiva, confessaram à polícia que atearam o fogo numa das caixas de correio do prédio, reconhecendo que rapidamente perderam o controlo da situação quando o fogo se começou a propagar rapidamente. A polícia abandona assim definitivamente a pista criminal inicialmente considerada pelos investigadores. As quatro incendiárias confessas, têm idades entre os 16 e 18 anos, duas delas habitam o edifício tomado pelo pânico no sábado à noite, depois das chamas terem destruído os primeiros três andares. Sete pessoas encontram-se ainda hospitalizadas, a maioria na sequência da inalação do fumo tóxico.